Indicadores e Dados Básicos (IDB) – Bahia

  • Ficha de qualificação do indicador

    O principal instrumento de orientação técnica ao usuário do IDB é a Ficha de Qualificação, que expõe os conceitos e critérios específicos adotados com relação a:

    Conceituação: informações que definem o indicador e a forma como ele se expressa, se necessário agregando elementos para a compreensão de seu conteúdo.
    Interpretação: explicação sucinta do tipo de informação obtida e seu significado.
    Usos: principais finalidades de utilização dos dados, a serem consideradas na análise do indicador.
    Limitações: fatores que restringem a interpretação do indicador, referentes tanto ao próprio conceito quanto às fontes utilizadas.
    Fontes: instituições responsáveis pela produção dos dados utilizados no cálculo do indicador e pelos sistemas de informação a que correspondem.
    Método de cálculo: fórmula utilizada para calcular o indicador, definindo precisamente os elementos que a compõem.
    Categorias sugeridas para análise: níveis de desagregação definidos pela sua potencial contribuição para interpretação dos dados e que estão efetivamente disponíveis.
    Dados estatísticos e comentários: tabela resumida e comentada, que ilustra a aplicação do indicador em situação real observada. Idealmente, a tabela apresenta dados para grandes regiões do Brasil, em anos selecionados desde o início da série histórica.

    As fichas de qualificação vêm sendo progressivamente aperfeiçoadas com a contribuição de consultores, especialistas e grupos ad hoc. O processo de revisão e atualização está a cargo dos Comitês de Gestão de Indicadores (CGI) da Ripsa.

    [ ← Show Excerpt ]
  • Folheto Comemorativo
  • Base de Dados
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010